O Que é a Contabilidade Lean?

O que é a Contabilidade Lean?

A Contabilidade Lean (também conhecida como Contabilidade Enxuta ou Lean Accounting) descreve as práticas de elaboração de relatórios financeiros empregadas pelas empresas que adotam a metodologia Lean: foco no valor entregue ao cliente e na eliminação de desperdícios por meio de fluxo de trabalho e gestão de materiais melhores.

Adotar a Contabilidade Lean significa alinhar a gestão financeira às estratégias Lean de sua empresa. Por meio desse processo, melhora-se não apenas as questões contábeis, mas também as finanças de seu negócio.

Por que utilizar a Contabilidade Lean?

O propósito geral da contabilidade é reunir, analisar e comunicar o desempenho, a situação e as reservas de caixa de uma empresa – todo o tipo de informação usado na tomada de decisão sobre como gerir bem um negócio.

Como resultado dos processos tradicionais de manufatura, que tornaram um desafio a medição precisa de custos, na década de 1020, o foco da contabilidade de custos passou a mudar de informações de planejamento para informações de controle. Isso levou as empresas a se voltarem para a alocação de custos em vez de acompanhamento de custos, o que gradualmente acabou se tornando a nova norma.

Além de sincronizar diretamente a contabilidade com a estratégia da empresa, a Contabilidade Lean também reduz práticas antieconômicas da gestão financeira. Ela limita tais processos ao mínimo e assegura que o controle financeiro não aumente para criar uma sobrecarga organizacional e onerosa por si só.

Semelhante redução de desperdício aplica-se ao entendimento dado aos ativos no Lean. Tradicionalmente, o custo da capacidade excedente, p. ex., mais membros de equipe em uma prestadora de serviços ou estoque adicional para produção, era repassado ao cliente. O Just in Time, um dos pilares do Lean, virou isso de ponta-cabeça, focando na produção apenas do necessário e quando necessário, minimizando o estoque a quase nada.

Melhoria contínua,
ou por que você não vai aplicar a Contabilidade Lean em apenas um dia?

Taichi Ōno, líder da metodologia Lean criada na Toyota, percebeu que o foco da tradicional contabilidade de custos não gerava o máximo de valor aos clientes e incluía vários processos que seriam considerados desperdício por eles.

Porém, você não pode alcançar uma solução como essa do dia para a noite. Primeiro, você precisa ensinar os funcionários a descobrirem onde está o valor do processo e como entregá-lo eficientemente aos clientes. Eles também precisam ser capazes de achar e remover os desperdícios do processo prontamente. Somente com isso uma empresa pode estabelecer gradualmente uma Contabilidade Lean, casando o fluxo de valor com o seu aspecto financeiro.

Considerando que a transformação de seu negócio, precedendo os trabalhos com métodos contábeis, levará tempo, a Contabilidade Lean pode ser um desafio para gestores na expectativa de alcançar resultados significativos a curto prazo. A estratégia Lean para a contabilidade de uma empresa é o resultado da melhoria contínua, como tudo no Lean.

Como a Contabilidade Lean funciona?

1. Perspectiva orientada ao fluxo de valor

O Lean se concentra em otimizar as atividades que fazem parte do fluxo de valor e minimizar aquelas que não agregam valor – da perspectiva do cliente. Portanto, na Contabilidade Lean, os custos são transferidos de um produto para uma linha de produtos, existindo para mostrar quão eficiente uma linha é. Isso permite que a Contabilidade Lean possa medir a eficiência do processo de engenharia ou serviço. A maioria dos engenheiros se concentram apenas em sua eficácia de criar um produto de alto valor agregado – e isso é compreensível. Desaconselha-se uma guerra entre visar qualidade e alcançar custos baixos.

Mas a questão da relação entre custo e qualidade permanece. Depende da estratégia da empresa e deriva de suas práticas de engenharia ajustar todos os esforços para agregar mais valor e minimizar desperdícios. Somente isso permitirá que crie os meios com os quais a equipe de contabilidade calculará os custos com precisão.

2. Relatórios sob demanda e mais transparentes

Graças à relação direta entre custo e fluxo de valor, os relatórios de despesas podem ser solicitados e processados o mais rapidamente possível. Melhor ainda, os valores dos custos operacionais podem ser automatizados e disponibilizados sob demanda, ao contrário dos relatórios financeiros sazonais massivos, compartilhados apenas com o primeiro escalão da administração.

Esses relatórios também serão de valor para os engenheiros, considerando que o custo para entregar um produto não depende apenas do custo de mão-de-obra e de materiais, conhecidos por eles.

Além disso, graças à otimização de fluxo do Lean, os custos vistos anteriormente como de suporte ou rateados podem se tornar parte do fluxo de produção. Com isso você poderá medir diretamente os custos de suporte e sujeitá-los ao mesmo rigor aplicado à linha de produção inteira.

3. Entregando o que os clientes valorizam

Valor, como um conceito subjetivo na mente do cliente, não é o mesmo que custo.

Exemplo Se o custo para produzir um item é $100, mais $20 de lucro, então o custo para o cliente é $120. Mas se o valor para o cliente for exatamente $120, então – potencialmente – ele conclui a transação sem nenhum benefício percebido. Ele apenas materializou seu valor em dinheiro. Portanto, presumimos que o valor para o cliente seja maior do que $120 e, ao pagar tanto, sente que fez um bom negócio.

É similar a comprar produtos de luxo – o valor deles para você é maior do que o preço em si. Incluso no conceito de valor está o sentimento de realização que você sente ao comprar o produto. Clientes de produtos de luxo ficam felizes em gastar mais do que o custo material dos itens devido à subjetividade de valor.

Por meio de esforços contínuos para aprender o que seus clientes valorizam e aplicá-lo ao fluxo de valor, é possível alcançar um processo em que esse valor aumentará constantemente, enquanto o desperdício e o custo cairão. Ao fazer isso, sua empresa deve crescer, aumentar seus lucros e reforçar a fidelidade de seus clientes.

Execução do processo antes da contabilidade

Empresas buscando implementar uma administração financeira Lean primeiro devem adotar o sistema Lean de trabalhar. Padronizar operações, implementar Kaizen, aperfeiçoar os fluxos de trabalho, organizar células de trabalho, tudo ajuda a adotar a metodologia Lean e, consequentemente, a Contabilidade Lean.

Uma vez feito isso, conhecer o custo direto para entregar uma linha de produtos é, acima de tudo, possível e muito útil ao planejar o desenvolvimento da organização. Empresas Lean adotam como meta determinar o valor que seus clientes recebem de seus produtos. A seguir, caso seus custos de processamento se elevem demais, podem redesenhar o processo para manter o mercado satisfeito. Clientes satisfeitos são a meta de qualquer empresa Lean. Eles servem para provar seu estado atual, bem como serem um fator na previsão de seu futuro.

Os requisitos para adotar-se a Contabilidade Lean são:

  • Fluxos de valor identificados, com os custos diretos associados
  • Foco de trabalho baseado no – e agregado ao – valor identificado pelo cliente
  • Acesso aos relatórios de custos pata todas as equipes envolvidas na entrega de valor
  • Abertura para a melhoria contínua, tanto do processo como da contabilidade.

Exemplo Comparemos um demonstrativo de resultados tradicional com um demonstrativo financeiro Lean:
Demonstrativo de resultados tradicional Em demonstrativos de resultados, como o acima, muitas vezes você vê notas e anexos explicando como os valores dos custos são rateados e como as variações são determinadas. Isso limita o número de pessoas que podem compreendê-los. A Contabilidade Lean adota outra abordagem, deixando o relatório mais fácil de entender, seja qual for a sua função na empresa: Demonstrativo financeiro Lean

A Contabilidade Lean deve se basear no seu entendimento do fluxo de valor, com sólidos conhecimentos dos custos de produção. Quando você estiver bem com sua jornada Kaizen, a Contabilidade Lean é provável que se torne um subproduto do estilo operacional de sua empresa.

Principais benefícios da Contabilidade Lean:

  • Menos desperdício em suas práticas de controle financeiro, também graças à eliminação dos custos de alocação, e mais conhecimento prático dos custos de seu negócio
  • Melhor entendimento de como suas decisões financeiras impactam o fluxo de valor e o cliente e vice-versa: acesso mais amplo às oportunidades de crescimento por meio da conexão valor-finanças.